A Cidade e as Serras

6.60

Nesta obra, Eça sugere o tema clássico do elogio da “áurea mediocritas”, quando mostra que nem é o fausto, nem o conforto, nem a ciência que fazem o homem feliz, mas sim uma vida calma, simples e natural.

Pedir mais informações sobre o produto

Estimado visitante, temos preços especiais para quantidades superiores a 12 garrafas.

Solicite orçamento. Preencha o formulário.

Informação adicional

Ano de Edição

2011

Autor

Eça de Queiroz

Colecção

Clássicos Porto Editora

Editor

Porto Editora

Encardenação

Capa Mole

ISBN

978-972-0-04954-4

N.º de Páginas

256

Dimensões (C x L x A) 12.7 × 19.8 cm
Peso 273 g
REF: 100036 Categorias: , Etiquetas: ,

Descrição

Nesta obra, Eça sugere o tema clássico do elogio da “áurea mediocritas”, quando mostra que nem é o fausto, nem o conforto, nem a ciência que fazem o homem feliz, mas sim uma vida calma, simples e natural. A descrição que fez da vida do campo é mais uma forma de idealização à maneira de Júlio Dinis. Revela-se um extraordinário paisagista. As descrições de A Cidade e as Serras concretizam o pensamento de Fradique Mendes: “a arte é um resumo da Natureza feito pela imaginação”

A Cidade e as Serras

6.60